quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Cansada...

Eu olho ao meu redor e acho que eu sou a única pessoa que não aceita todas as coisas, ou que pelo menos, não acha certo aceitar.

Não consigo ser uma pessoa conformada. Eu quero mudar o que não me agrada e me sinto péssima quando percebo que não vou conseguir.

Eu não gosto do meu trabalho. Tenho vontade de fazer tantas outras coisas, mas é essa profissão que me dá dinheiro no momento, então é isso que tem para hoje, como algumas pessoas dizem.

Onde eu trabalho até que é mais tranqüilo, mas eles se preocupam com umas coisas tão bobas, tão sem importância. Isso me dá uma tristeza tão grande, mas tão grande que eu sento na minha mesa, coloco uma música e tento entrar no meu "mundo feliz".

No meu "mundo feliz" eu trabalho em casa. Sou colunista de algumas revistas legais. Tenho um marido lindo, gostoso e que me ama. Nesse meu mundo eu não preciso acordar cedo, pegar uma merda de condução lotada, com pessoas tão insatisfeitas como eu, mas que ao invés de tentar mudar, descontam suas frustrações em quem encostar um dedo mínimo nela. Nele eu não tenho que trabalhar em uma coisa que eu não gosto, só porque eu preciso de dinheiro para comprar uma casa, um carro melhor, roupas e outros itens de sobrevivência básica.

Às vezes eu fico parada imaginando como eu queria entrar na sala do meu chefe e dizer, olha, me desculpa, mas eu odeio contabilidade, não agüento essa monotonia, é todo dia a mesma coisa, tudo igual. Sempre.

Aí eu sairia feliz e contente, não sem antes atender alguma ligação de um cliente chato, que falasse que "ele mandou sim, o documento", então eu diria para ele ir se ferrar, que ele não mandou merda nenhuma. Mandaria ele procurar direito e avisaria que contabilidade não é o Habibs, que você liga e tem o seu pedido em 28 minutos.

Eu poderia começar a trabalhar em casa, poderia cursar jornalismo. Iria ao cinema à tarde, iria ao parque caminhar de manhã, resolveria os problemas com o banco, iria a toda as consultas que eu acabei desmarcando. Enfim. Cuidaria de mim e viveria para mim, e não para uma empresa que no fim, por melhor que ela seja, se for preciso, vão te mandar embora e ponto.

 

 



Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

1 Comentários:

Às 12 de novembro de 2009 04:02 , Blogger Lah disse...

As vezes eu também penso em mandar tudo a merda e desistir de muitas coisas, mas... como sobreviver? busco realizar meus sonhos neh, para isso vivo do que vivo, e as vezes fico idealizando meu mundo perfeito e a vida perfeita assim como você...é legal, mas ñ é legal acordar e ver que nada disso é real...
enfim..

belo texto, como sempre..

beijoo

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Contador de Visitas
Downloads
Vivendo e aprendendo a jogar....: Cansada...